Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Índia recebe primeiros caças Mirage 2000 modernizados

(defensa.com) As autoridades da Índia tomaram posse no dia 25 de Março dos dois primeiros caças Mirage 2000H "Vajra" da Força Aérea Indiana modernizados em França pela Dassault Aviation e Thales. A entrega oficial das aeronaves agora designadas por Mirage 2000T/TI teve lugar no Centro de Ensaios de Voo que a Dassault Aviation possui em Istres.

Os restantes caças serão modernizados na Índia pelo construtor aeronáutico local Hindustan Aeronautics Limited (HAL), que para realizar a operação contará com o apoio dos fabricantes Franceses. A Índia contratou em Julho de 2011 a modernização de 51 caças Mirage 2000H do seu inventário para a configuração Mirage 2000-5 Mk2.

A modernização dos caças consiste na instalação de um calculador modular de tratamento da informação, o radar multi-modo RDY-3 com tecnologia de varrimento mecânico, o sistema de navegação Totem 3000, o sistema de guerra electrónica ICMS Mk4, um transpondedor e interrogador amigo ou inimigo, assim como um conjunto de avionicos de última geração que consiste num sistema HUD (Head Up Display), duas telas multi-funções do tipo MFD 54 e MFD 55, um instrumento integrado de socorro, e um novo sistema HOTAS (Hands On Throttle-And-Stick) numa configuração multifunções.

Os caças recebem ainda a capacidade de efectuar o lançamento de mísseis ar-ar MICA (Missile d'Interception, de Combat et d'Autodéfense) nas versões EM e IR contratados em Janeiro de 2012 à MBDA France, e de empregar mísseis ar-superfície Popeye no passado adquiridos pela Índia ao fabricante Rafael Advanced Defense Systems de Israel. Para além de permitir dotar as aeronaves com novas capacidades, o programa de modernização permite ainda prolongar a vida útil do caça por mais de 20 anos. Victor M.S. Barreira

Fotografia: A indústria Francesa de defesa foi contratada pelas autoridades Indianas para modernizar caças Mirage 2000H (Armée de l´Air).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.