Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Empresas do grupo Safran assinam acordos com a HAL da Índia

(defensa.com) O fabricante Francês de motores para aeronaves de asa fixa SNECMA do grupo local Safran celebrou com a empresa Indiana Hindustan Aeronautics Limited (HAL) um memorando de entendimento com a potencial intenção de manufaturar diversas peças. Este acordo tem como finalidade a implementação na Índia de uma empresa conjunta para a futura produção de partes do motor M88 empregue pelo caça multimissões Rafale da também Francesa Dassault Aviation.

Este motor deverá logicamente equipar os caças Rafale que as autoridades da India esperam contratar à França. O acordo entre a SNECMA e HAL insere-se ao que tudo indica na estratégia do fabricante de motores de fomentar a sua presença na Índia e com isso estabelecer parcerias com empresas locais e assim cumprir com os acordos negociados no âmbito da muito esperada compra do Rafale.

Um contrato para a aquisição de 126 aeronaves no âmbito do programa MMRCA (Medium Multi-Role Combat Aircraft) encontra-se em fase de negociação e um contrato é esperado nos próximos meses. Das 126 aeronaves, 108 serão montadas na Índia pela HAL através de uma programa de transferência de tecnologia por parte da Dassault Aviation e os seus parceiros. Este importante pacote de transferência de tecnologia foi exigido pela Índia no âmbito da sua política de produção local de equipamentos militares sofisticados também conhecida por "Make in India".

O M88 está hoje disponível em duas versões, o M88-2 e o mais recente desenvolvimento M88-4E que oferece uma potência maior. O Rafale equipado com motores M88-4E realizou o seu primeiro voo em Março de 2010. A campanha de testes com 70 voos realizados terminou em Outubro de 2010. O motor foi qualificado em Abril de 2012 com a primeira entrega à Dassault Aviation realizada um mês depois.

A HAL fabricará ainda sistemas de navegação inercial SIGMA 95 da Sagem, outra empresa do universo Safran. Este sistema de navegação autónoma híbrida recorre à tecnologia proveniente de sistemas de posicionamento por satélites oferecido pelos Estados Unidos (GPS) e Rússia (Glonass), e equipa presentemente diversas aeronaves de asa-fixa da Força Aérea Indiana e da aviação naval da Marinha Indiana incluindo os caças Su-30MKI, Jaguar, Tejas, MiG-29K e MiG-27ML Bahadur e as aeronaves de treino avançado Hawk Mk 132. Segundo os termos do acordo, a HAL obterá a capacidade de produzir sistemas SIGMA 95 para a Força Aérea Indiana e conduzir trabalho de manutenção de Nível 3 nos sistemas de navegação. O Rafale é outro dos caças que incorpora o sistema de navegação SIGMA 95. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia 1: A HAL da Indiana poderá fabricar partes para o motor M88 (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 2: Caça Rafale M da Marinha Francesa com motores M88-4E (Snecma-Eric Drouin).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.