Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O blindado Guarani do Exército Brasileiro se integra ao SISFRON

O novo veículo blindado do Exército Brasileiro, com más de 115 exemplares fabricados sobre um total de 2044 previstos, que agora também será utilizado para o combate do crime internacional na região de fronteira do Mato Grosso do Sul, foi apresentado na última terça-feira. O veículo foi entregue na quarta Brigada de Cavalaria Mecanizada, organização militar que recebe o projeto piloto para a implementação do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras/SISFRON, inaugurado em novembro de 2014.

O blindado Guaraní é um veículo de combate anfíbio, com um peso de 18 toneladas e tração 6 × 6, sendo a unidade capaz de transportar até 11 soldados. Por ser mais elevado, também possui uma maior capacidade de defesa contra as minas. Em comparação com os modelos anteriores (Urutu e Cascavel), o Guarani tem uma blindagem com maior proteção, maior mobilidade, maior capacidade de transposição de trincheiras, maior capacidade de passagem vertical, maior envergadura, suspensão hidropneumática, sistema de freios independente com duplo disco e ABS. O veículo também possui ar-condicionado, GPS, detecção automática e extinção de incêndios, grande capacidade de operação noturna e sistema de detecção laser. O mesmo pode ser equipado com uma torre de canhão automático ou uma metralhadora, operados por controle remoto. (Javier Bonilla)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.