Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Suíça escolhe o VANT Hermes 900 da Elbit Systems

O Departamento de Defesa e Proteção Civil Suíça escolheu o veículo aéreo não tripulado (VANT) Hermes 900 da empresa israelense Elbit Systems num contrato no valor de 280 milhões de dólares.

O programa UAS 15 estava destinado a substituir outro sistema israelense em serviço na Suíça, o Ranger, desenvolvido pela IAI e operado localmente como ADS95 desde 2001.

O Hermes 900 é um VANT do MALE (Medium Altitude Long Endurance) que pode receber diferentes sistemas para vigilância e reconhecimento dentro de um peso de até 250 kg. Nos testes de 2012 se apresentou com a torre eletro-óptico COMPASS, radar de abertura sintética, sistema de vigilância electro-ópticos de longo alcance denominados LASSO, inteligência eletrônica (ELINT) e inteligência de comunicações (COMINT). As comunicações são garantidas, mesmo em um país montanhoso como a Suíça através do uso de conexões via satélite. Também  é usado um motor de combustível pesado (HFE) como é o diesel,  em vez de combustível de aviação.

O Hermes 900 competiu com o também israelense Super Heron TP da Israel Aerospace Industries (IAI), apresentado durante o evento aeronáutico Singapore Air Show, notícia já divulgada em defensa.com. O Super Heron se posiciona a metade de caminho entre o Heron I e o Heron TP, de tamanho maior. Na Suíça, para os testes foi empregado um Heron I, com um motor Rotax 914, sendo oferecido, no entanto, o Super Heron, também equipado com um motor HFE como o diesel.

Para a fase final de escolha, as duas aeronaves foram demonstradas para a Força Aérea Suíça, na cidade de Emmen.

O Rangers termina sua vida em 2020 e a chegada do primeiro Hermes 900 está prevista para 2017, para estar pronto para a operação quando os Rangers sejam aposentados.

O Hermes 900 foi selecionado por Israel, Chile, Brasil, México e Colômbia, onde realiza missões de reconhecimento e vigilância em quaisquer condições meteorológicas, dia e noite. (JNG)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.