Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Repetidos ataques na cidade de Pinga, no Congo

Nos últimos dias estão ocorrendo confrontos entre grupos armados pertencentes ao FDLR (Forças Democráticas de Libertação de Ruanda) e o grupo Mayi Mayi Cheka na vizinhança da base pertencente à Companhia "Charlie" do Batalhão "Uruguai IV", o Exército uruguaio, na cidade de Pinga. Embora inicialmente o grupo Mayi Mayi fosse repelido e deslocado do controle da cidade, foram lançados contra-ataques para retomá-la novamente.
As tropas estão em bom estado, com medidas de segurança reforçadas. Arranjos foram dois grupos do Batalhão de Infantaria "Uruguai IV", na cidade de Goma permanecer alerta e capaz de reforçar, por via aérea, os equipamentos disponíveis atualmente na cidade de Pinga. Enquanto isso, e depois de um ataque seguido de 5 baixas civis na cidade de Goma, por primeira vez as forças da ONU, comandadas pelo general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz , entraram em confronto direto com terroristas do M-23 (Javier Bonilla)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.