Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Para Moscou, 2020 sera o ano de decolagem para a indústria russa de VANTs

A Rússia está longe de ficar por fora da corrida pela liderança mundial no mercado de aeronaves não tripuladas, estando previsto que nos próximos seis anos ,começem a ser evidentes os primeiros e grandes avanços neste setor.

O salto qualitativo em matéria de aviões remotamente pilotados integraría um plano de investimentos de 9.000 milhões de euros na aquisição de UAVs que vão ser incorporados  à Força Aérea em 2020. Esta despesa representa um reforço para a indústria nacional, beneficiando a firmas como Sukhoi, Tranzas ou Sokol.


Encabeçando esta aposta russa estaria o projeto da Sukhoi e Mikhail Simonov, de um VANT, cujos primeiros testes devem começar em 2017, para estar completamente operacional em 2020, segundo indicou o vice ministro da Defesa da Rússia Yury Borisov. Este VANT, com capacidade de portar armamento, cuja produção tornou-se oficial no ano passado, seria fabricado usando tecnologia do caça de quinta geração T-50 e teria até 20 toneladas de peso.


Outra inovação que foi confirmada pelo Ministério Defesa russo, é a implementação de um centro de treinamento e formação de militares e responsáveis por este tipo de aeronave, a curto e médio prazo. (J.Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.