Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Paquistão aumenta os seus gastos militares em 11%, chegando a 7.000 milhões de dólares

Islamabad vai aumentar o seu investimento em defesa em 11,17% para o novo ano fiscal (1 de julho de 2014 a 30 de junho de 2015) para chegar a 7.000 milhões de dólares, embora esse progresso é muito menor ao feito nos anos anteriores. Os gastos com a defesa no país representam um 18% do orçamento total do Estado, equivalente a 2,36% do PIB.

Ainda assim, este aumento representa um recuo significativo do ritmo de crescimento registrado nos últimos anos, e de fato nos meses anteriores havia sido requerido por vários estabelecimentos militares que o valor do orçamento fosse estabelecido em pelo menos 7.600 milhões.

Se olhar-mos para o orçamento de 2009 e 2010, o aumento foi de mais de 21%, enquanto que para 2012 e 2013, 12%, ficando aproximadamente em 6.600 milhões. No que respeita à desagregação por divisões, 3.400 milhões irão para o Exército, enquanto 1.500 milhões para a Força aérea e 725 milhões para a Marinha, respectivamente.

Segundo fontes citadas pela imprensa nacional, o objetivo do orçamento é que seja melhorada a segurança interna do país, constantemente sofrendo com problemas relativos à luta contra o Taleban. (J.Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.