Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O Navio de Ação Marítima ‘Tornado’ zarpou de Las Palmas para se integrar a operação “Atalanta” durante 5 meses

O Navio de Ação Marítima (BAM) Tornado, baseado em Las Palmas de Gran Canaria, deixou o Arsenal militar para participar de operação “Atalanta” antipirataria no Oceano Índico. A implantação do Tornado, o quarto navio da classe que participa na operação “Atalanta”, faz parte do compromisso assumido pela Espanha em 2008, sob a bandeira da União Europeia, na sua luta para manter a segurança no Golfo de Aden e na Somália, protegendo tanto o tráfego mercante como as embarcações de pesca que operam nestas águas.

O navio será integrado no início de dezembro nesta missão, que é liderada pela Força Naval da União Europeia (EUNAVFOR), substituindo o BAM Meteor que, quando retornar à sua base, terá completado cinco meses nesta missão.

Sob o comando do tenente-comandante Eduardo Guitian Crespo, ele navega com 83  marinheiros a bordo, sendo que 53 são membros da tripulação do navio, 17 foram integrados,por conta da Unidade Aérea Embarcado de apoio ao helicóptero AB-212 , 11 membros da Unidade de Segurança de canárias, um médico e um intérprete. O Tornado é a quarta unidade da classe Meteor, previsto para patrulhar o mar.

O projeto BAM é baseado em navios de alto desempenho, com custos de aquisição e manutenção reduzida, e alto nível de versatilidade, não só entre as missões militares, mas também sobre a cooperação em salvamento, controle de poluição, evacuação e ajuda humanitária.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.