Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Moscou vai investir 9.000 milhões de dólares para equipar com VANTS às suas Forças Armadas

(defensa.com) Rússia confirmou o investimento de 9.000 milhões de dólares para a aquisição de sistemas aéreos não tripulados. De acordo com fontes confirmadas do Ministério da Defesa ao site russo Pravda, os financiamentos desta partida serão custeados no plano de rearmamento militar que está em andamento Rússia (no valor de 700.000 milhões de dólares), a fim de ver substituído um 70% do seu armamento e infra-estrutura militar em 2020.

No momento, o exército russo tem cerca de 500 aviões remotos, que são utilizados principalmente para o trabalho de investigação e reconhecimento aéreo. Entre os sistemas que irão integrar às Forças armadas no futuro estão às novas versões do Orlan ou do Tachyon. A Rússia também vai inaugurar ao longo deste ano novas instalações estaduais para facilitar a aprendizagem e militares especialistas em operar VANTS. Moscou no ano passado confirmou o desenvolvimento de um enorme UCAV,de 20 toneladas, equipado com grande capacidade de ataque e que poderia estar operacional em 2018, incorporando tecnologias do caça russo de quinta geração T-50. Além disso, em dezembro do ano passado, a Rússia fechou um contrato no valor de 2.800.000 € para a aquisição de 34 aeronaves não tripuladas Eleron-3ZV, desenvolvidos pela empresa Enix. As aeronaves, de curto alcance, devem chegar à Rússia ainda em 2014. (J.Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.