Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Argélia fecha seu maior contrato para comprar helicópteros russos: 42 "Mi-28" e 6 "Mi-26", por 2.700 milhões de dólares

Moscou assinou um novo e grande contrato para fornecer armamento na África do Norte, agora avaliado em 2700 milhões de dólares ( 1.900 milhões de euros). Russian Helicopters e o governo argelino fecharam a compra de 2 helicópteros Mi-28N, seis Mi-26T2 e a modernização de 39 Mi-8 que atualmente integram a Força Aérea deste país, os quais devem ser atualizados na fábrica de Ulan-Ude.

Argel já tinha demonstrado anteriormente o seu interesse em helicópteros de ataque, os MI-28 “Night Hunter”, os quais se espera, sejam incorporados progressivamente numa próxima data a ser estabelecida à Força aérea Argelina.

Trata-se de um helicóptero de dois lugares (piloto e artilheiro). O seu rotor principal conta com cinco pás, com um diâmetro de 17,2 m.

O armamento e instalado sob duas pequenas asas, e conta com um também  pequeno compartimento para três pessoas, cabine blindada capaz de resistir disparos de até 12,7 mm, um sistema de contramedidas com chaff & flare tipo UV-26  e um dispositivo de alerta de proximidade de mísseis de banda ultravioleta.

Respeito aos exemplares do helicóptero polivalente MI-8, devem ser atualizadas nos moldes da série Mi-8AMTSh, incluindo blindagem de cabine, além de sistemas de identificação  de objetivos opto eletrônicos e capacidades adicionais para integrar armamentos.

A Rússia fecha assim, umas tratativas iniciadas em 2011, por parte do fabricante Rosvertol, afiançando o seu relacionamento  com Argélia, um dos seus aliados mais consolidados a nível internacional do Kremlin, com uma relação mutua tem sido excelente desde os tempos da antiga URSS. Já em2006, a Argélia tinha comprado em Moscou equipamento militar avaliado em 7.000 milhões de dólares.

Este contrato é a última bomba de efeito no norte da África da indústria militar russa. Há algumas semanas, o ministro da Defesa egípcio em Moscou fechou um contrato para a compra de caças MiG-29 e  helicópteros MI-35, cujo valor pode chegar a 3.000 milhões de euros. (J.Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.