Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O primeiro M 109 5 A+ do Exército Brasileiro será apresentado na LAAD

Após a chegada da primeira unidade do Obuseiro Autopropulsado M109A5 + BR ao Brasil, este  blindado estará em exposição na LAAD Defence & Security 2017, de 4 a 07 de abril no Rio de Janeiro. No ano anterior, BAE Systems recebía um contrato de 54 milhões de dólares,  para fornecer 32 obuseiros autopropulsados , 155mm M109A5 +, modernizados ao padrão BR para a Força Terrestre Brasileira. Os veículos são parte de uma frota de 40 M109A5s ex-US Army anteriormente concedidos pelos EUA através do processo de “Excess Defence Articles” (EDAs). BAE Systems, o fabricante atual do produto foi contratado pelo governo dos EUA para implantar a atualização destinada ao Brasil e fornecer quase todo o pacote logístico necessário para a implementação e  a operação dos veículos modernizados. O pacote inclui peças de reposição para uma operação de três anos, manuais técnicos, catálogos, materiais de ferramentas especializadas para manutenção preventiva, treinamento de pessoal, assistência técnica no Brasil e garantía de um ano. O obus VBCOAP M109 atualizado será chamado A5 + BR.

Os veículos devem ser entregues em 2018. A distribuição planejada destes 32 VBCOAP M109 A5 + BR incluirá 16 veículos para o 3ero. Grupo de Artilharia Autopropulsada (Santa Maria) e 16 para o Grupo 5 de Artilharia de Campanha Autopropulsado (Curitiba). O Centro de Instrução de Blindados (C I Bld), com sede em Santa Maria , imparte  cursos  de operação e manutenção VBCOAP M109.Cada um estará equipado individualmente com um medidor de taxa inicial e bloqueio automático de tubo, sistema de rádio Falcon III (Harris) , unidades de unidades de navegação inercial, GPS; sistema eletrônico e computador de tiro. Também conta com um dispositivo Raytheon AFATDS (Advanced Tactical Field Artillery Data System) variável que automatiza as comunicações entre os subsistemas de artilharia, no caso do Exército dos Estados Unidos, que no Brasil é chamado SISDAC (Sistema de Digitalização de Artilharia de Campanha).

O M109A5 tem como armamento principal um obus de 155 mm. M284, e, secundário uma metralhadora M2. 50 (12,7 mm), lançador de granadas automático Mk Mod 19 340 milímetros junto a uma metralhadora 7,62 milímetros M60. O M284 155 mm. do M109A5 permite um alcance máximo de 23.500 metros, usando projéteis sem assistência e 30.000 metros, com projéteis assistidos por foguetes  (RAP). .O veículo pode transportar 36 rodadas completas de munição, e tem um motor de 440 hp . Contrato de trabalho realizado na BAE Systems Anniston, Alabama, e York, Pensilvânia. (Javier Bonilla)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.