Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A União Européia planeja uma mudança na sua política de segurança contra as ameaças da Rússia e o jihadismo

(defensa.com) A estratégia atual de segurança européia, contida no documento “Uma Europa segura num mundo melhor“ de Dezembro de 2003, foi ultrapassada pelas dois principais ameaças que pesam sobre a União Européia: o conflito com fronteira russa na Ucrânia, onde o cessar-fogo que obteve a delegação franco-alemã em Minsk não durou dois dias, e o aumento do jihadismo, cada vez mais próximo da Europa com o grupo terrorista Estado Islâmico (IS) prestes a se estabelecer na região do Mediterrâneo, com a Líbia hoje como o último estágio.

A cimeira informal dos ministros da Defesa dos Estados membros da União Européia em Riga colocou em cima da mesa a necessidade de atualizar a política de segurança européia e adaptar-se aos desafios atuais. Na primeira sessão da reunião contou com a presença da Alta Representante Federica Mogherini e serviu para analisar o desenvolvimento de medidas tomadas pelo Conselho Europeu em Dezembro de 2013. Os Ministros destacaram o desenvolvimento bem sucedido das missões que a União Européia tem desdobrado no exterior, mencionando especialmente o sucesso da Operação Atalanta e missão EUTM no Mali, que atualmente lidera o General espanhol Alfonso García Vaquero. Ainda assim, os mesmos concordaram com a necessidade de reforçar o esforço em torno de Atalanta e Somália e a continuidade dos trabalhos em curso no Mali. Como parte das discussões da última reunião, os ministros manifestaram a sua extrema preocupação com a situação na Líbia e a ameaça representada pela presença de Daesh em um território tão próximo da Europa.

Em junho o Conselho Europeu estará focado na política comum de segurança e defesa, devendo, previsivelmente, discutir a necessidade de atualizar a estratégia européia. Isto foi confirmado pelo secretário-geral adjunto do Serviço Europeu para a Acção Externa da União Européia, Maciej Popowski numa coletiva de imprensa após a reunião dos ministros da Defesa. (JNG)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.