Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Reino Unido aporta mais fundos ao programa de submarinos

(defensa.com) A Agência de Compras de Defesa Defence Equipment & Support (DE&S) do Ministério da Defesa do Reino Unido aportou 257 milhões de libras esterlinas adicionais em fundos ao estaleiro local BAE Systems Submarines para que este possa prosseguir com o programa de desenvolvimento do submarino nuclear lançador de mísseis balísticos que no futuro substituirá progressivamente os atuais submarinos da Class Vanguard da Marinha Real Britânica.

Os quatro submarinos que integram a Classe Vanguard são hoje os únicos vetores de dissuasão nuclear ao serviço do Reino Unido. A frota opera a partir da Base Naval HM Naval Base Clyde na Escócia. A Marinha Real Britânica recebeu da antiga Vickers Shipbuilding and Engineering (VSEL) o HMS Vanguard em 1993, o HMS Victorious em 1995, o HMS Vigilant em 1996 e o HMS Vengeance em 1999. Os submarinos estão armados com o míssil Lockheed Martin Trident II D5 e o torpedo pesado BAE Systems Spearfish.

Os contratos incluídos nos fundos agora alocados permitirão sustentar a realização da próxima fase de desenho do submarino. Estes são adjudicados como consequência de dois primeiros contratos celebrados em 2012 por valores de 328 e 315 milhões de libras esterlinas para cobrir os trabalhos associados ao desenvolvimento do desenho inicial. A construção do primeiro submarino está prevista para ser iniciada em 2016. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia:

·A alocação de mais fundos à BAE Systems Submarines permitirá que esta possa seguir com o desenvolvimento dos futuros submarinos da Royal Navy (BAE Systems).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.