Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Os Estados Unidos finaliza o exercício Down Blitz 2015, com a participação da Marinha do México pela primeira vez

A passada quarta-feira foi o último dia de manobras do exercício multinacional Down Blitz 2015 (DB-15), que começou em agosto passado 31 na costa da Califórnia dos. Estados Unidos, no qual tomaram parte unidades navais da infantaria de marinha dos Estados Unidos, Japão, México e Nova Zelândia. Esta é a primeira vez em que o México participa de um exercício anfíbio de este tipo, aportando o navio de desembarco ARM “Usumacinta” (A 412), uma veterana unidade projetada nos Estados Unidos do tipo LST (Landing Ship Tank), com um helicóptero MI 17 a bordo, 130 fuzileiros navais e um grupo de forças especiais.  O outro barco da Armada do México participante nestas manobras foi o Patrulheiro Oceânico ARM “Centenario de la Revolución” (P 164), um navio da classe Oaxaca, com 1600 toneladas de deslocamento e dotado com um helicóptero AS565 Panhter.

Os exercícios Down Blitz iniciaram em 2011para coordenar as ações da US Navy e os Marines durante operativos de desembarques anfíbio. Posteriormente, foram incorporadas unidades internacionais, aumentando o número e tipo de exercícios.  Neste ano foram realizados desembarques anfíbios, exercícios de tiro real, ações de combate contra minas, treinamento em meios de pre-posicionamento da US Navy, operações de mar (Sea Basing de acordo com o conceito da US Navy) e operações navios anfíbios táticos da costa. Nas últimas edições destes exercícios foram utilizados navios anfíbios dos Marines e dos aliados participantes, helicópteros, convertiplanos tipo Osprey ou hovercrafts como os LCAC (usados por os EUA e Japão). No caso dos Estados Unidos, participaram unidades da Terceira Esquadra e da I Força Expedicionária dos Marines (Jose María Navarro García)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.