Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A Noruega Skynet contrata comunicações por satélite da Airbus Defence and Space

Airbus Defence and Space assinou um contrato de quatro anos com a Organização  Logística de Defesa da Noruega (NDLO) para o fornecimento de capacidade de comunicações por satélite em banda X. Este serviço de comunicações do governo será contratado Skynet , cobrindo terra, mar e ar para que a Noruega possa apoiar as suas tropas no norte da Europa, o Ártico e missões internacionais em que participa.

Skynet 5 é o sistema de satélite de comunicações do Ministério da Defesa britânico, que substitui o anterior Skynet 4. Sua contratação foi processada através de uma PFI (Iniciativa de Financiamento Privado) adjudicada às empresas  Paradigm Secure Communications e Astrium (ambas da EADS, hoje  Airbus Defence and Space). O contrato foi assinado em 2003 e vai ser prorrogado até 2018, significando ingressos de 2.500 milhões de libras, tornando-se o segundo contrato do tipo PFI, depois do correspondente a aeronaves de reabastecimento FSTA.

Astrium foi responsável da construção e lançamento de três satélites (lançados entre 2007 e 2008) ), enquanto Paradigm fornece o serviço de comunicação em terra, navios e estações portáteis para o Ministério (está autorizado a usar o excesso de capacidade dos satélites para comercializar serviços de comunicações  para a OTAN). A diferença com outros programas de comunicação estão agora a pagar pelo serviço e sua disponibilidade e posse dos satélites não é do governo, mas do provedor dos serviços. Em 2003 Thomson Financial a considerou-o "PPP do Ano" (Public Parnertship privada ou Parceria Público-Privada) e em 2004 o programa Skynet recebeu o primeiro prêmio como a  melhor PFI do  Infraestructure   Journal . (JNG)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.