Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

França recebe primeiros blindados VBCI modificados

(defensa.com) O Exército Francês recebe este mês as primeiras viaturas blindadas de combate de infantaria 8x8 VBCI (Véhicule Blindé de Combat d'Infanterie) modificadas. A DGA (Direction Générale de l´Armement) contratou à Nexter Systems e Renault Trucks Defense o desenvolvimento em 10 de Dezembro de 2010 de uma configuração com maior capacidade de proteção da versão de combate de infantaria VCI (Véhicule Blindé de Combat d'Infanterie) dos VBCI do exército. Um primeiro contrato para a um lote inicial de 48 viaturas foi celebrado em 28 de Junho de 2013 e um segundo para 47 viaturas adicionais em 27 de Agosto de 2014. O processo de entrega das 95 viaturas modificadas estará concluído em Junho de 2017. A DGA considera ainda contratar no futuro a modificação de viaturas VCI adicionais.

O procedimento de modificação passa principalmente pelo aumento do peso bruto do veículo das 29 toneladas para as 32 toneladas, reforçando assim a capacidade de proteção do mesmo contra engenhos explosivos. O protótipo foi extensivamente testado pela DGA, culminando com a sua qualificação declarada em 24 de Setembro de 2014.

O Exército Francês opera na atualidade 520 unidades do VCI e 110 exemplares da versão de posto de comando VPC (Véhicule Poste de Commandement). A configuração VCI destaca-se por incorporar o sistema digital de informação SIT v1 e a torre protegida Tarask armada com uma peça automática de 25M811 de 25x137mm e uma metralhadora coaxial de 7.62mm. O VBCI é hoje oferecido em diversas versões tais como transporte de tropas, combate de infantaria, posto de comando, ambulância, evacuação de feridos, morteiro móvel, anticarro, reparação e recuperação. O veículo pode ser equipado com diversos sistemas de armas incluindo estações remotas ou protegidas manualmente operadas armadas com armamento de pequeno calibre, e torres armadas com peças de 25, 30, 40, 90 e 105mm.

O veículo compete hoje em diversos países onde existem requisitos para a aquisição de viaturas blindadas, incluindo na Dinamarca e Emirados Árabes Unidos. A Espanha é outra das nações à qual o VBCI poderá ser oferecido já que o Exército Espanhol pretende re-abrir um programa de compra de uma viatura 8x8 para substituir o BMR-600. Para aumentar a resistência do VBCI contra foguetes de diversos tipos, a Nexter Mechanics oferece o sistema de grelhas de proteção balística PG-GUARD que hoje já equipa parte dos blindados de reconhecimento 6x6 AMX-10RCR do Exército Francês. O VBCI, aqui na versão de combate de infantaria foi projetado pelas forças Francesas no Afeganistão, Líbano, Mali e República Centro Africana.

Fotografia : O VBCI na configuração de combate de infantaria modificado para as 32 toneladas (DGA Techniques Terrestres).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.