Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

França entrega a fragata FREMM ao Egipto no dia 23

(defensa.com) O estaleiro Francês de construção naval DCNS realizará no próximo dia 23 de Junho nas suas instalações em Lorient a transferência de propriedade de uma fragata multimissões do tipo FREMM (Frégate Européenne Multi-Missions) à Marinha do Egipto. Desconhece-se ainda o nome do navio mas sabe-se que o mesmo conserva o número de amura D651.

O evento será presidido pelo Chefe do Estado-Maior da Marinha do Egipto, o Contra Almirante Osama Rabie e pelo seu homólogo Francês, o Almirante Bernard Rogel. O navio originalmente com o nome de FS "Normandie" (D651) destinava-se inicialmente a integrar a Classe Aquitaine da Marinha Francesa com e previsão de entrega à OCCAR (Organisation Conjointe de Coopération en matière d'Armement) em nome da DGA (Direction Générale de l'Armement) no final de 2014. Por ocasião da celebração em Fevereiro de 2015 de um acordo amplo governo-a-governo entre as autoridades Francesas e Egípcias que compreendeu a assinatura de diversos contratos com fabricantes Franceses para o fornecimento de 24 caças Dassault Aviation Rafale EM/DM, mísseis ar-ar e superfície-ar da MBDA e equipamentos e serviços associados, a fragata foi incluída no pacote e o seu destino inicial alterado.

No âmbito do contrato celebrado, a DCNS procedeu a diversas intervenções do navio que incluíram a tradução dos interfaces, remoção dos lançadores verticais DCNS SYLVER A70 inicialmente instalados para a operação dos mísseis de cruzeiro de ataque terrestre de longo alcance MBDA MdCN (Missile de Croisière Naval) e das antenas do sistema de contramedidas eletrónicas Elettronica Nettuno 4100.

A empresa é ainda responsável por treinar a guarnição do navio e assegurar o fornecimento de peças de reposição, apoio logístico e a futura manutenção do navio.

O navio mantêm os lançadores SYLVER A43 para mísseis Aster 15 já contratados à MBDA France, os sonares Thales UMS 4110 CL e CAPTAS 4, os lançadores de mísseis MBDA Exocet MM40 Block 3 e torpedos EuroTorp MU90, os sistemas anti-torpedo DCNS Contralto-V e de lançamento de engodos múltiplos Sagem NGDS, o diretor de tiro eletro-ótico Sagem Vigy MM, o radar multifunções Thales HERAKLES, e as estações de armamento remotamente operadas Nexter Systems NARWHAL 20B.

O navio deverá deixar Lorient por volta do dia 20 de Julho com destino ao Egipto onde deverá chegar tempo de participar na inauguração do novo canal de Suez marcada para o dia 6 de Agosto. O navio de 6000 toneladas de deslocamento e 142 metros de comprimento será a mais moderna e capaz unidade de combate de superfície da Marinha Egípcia e uma das fragatas mais avançadas da região. A Marinha Egípcia opera hoje fragatas de construção antiga de origem Norte-americana e Chinesa.

A partir de 2018, a Marinha Egípcia deverá incorporar 4 corvetas Gowind 2500 contratadas à DCNS em Julho de 2014. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia: Fragata FS "Normandie" durante testes ao sistema de combate efetuado ao largo de Toulon em Junho de 2014 (Victor M.S. Barreira).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.