Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Fernando Abril-Martorell, presidente da Indra, fará parte de um grupo assessor para a Defesa da União Européia

A Comissão Européia anunciou que a comissária para a Indústria, Elzbieta Bie?kowska, criou um grupo de alto nível para aconselhar a União Européia como manter a investigação militar na situação atual. Este grupo irá ajudar a União Européia a progredir na Segurança Comum e da Política de Defesa para tratar dos efeitos de cortes orçamentários e será composto por executivos de empresas de defesa, membros de grupos de analise e pesquisa, bem como políticos.

Alguns dos executivos a participar deste conselho são Tom Enders, CEO da Airbus, Ian King, CEO da BAE Systems, Fernando Abril-Martorell, presidente da Indra, o CEO da Finmeccanica, Mauro Moretti, Antoine Bouvier, CEO da MBDA e Hakan Buskhe, presidente da Saab.

Desde 2008, a crise econômica afetou os países da União Européia, os quais foram forçados a cortar orçamentos de defesa, o que afetou significativamente as dotações para pesquisa e desenvolvimento militar, atingindo projetos e programas de longo prazo. A Agência Européia de Defesa quantifica a queda de Investigação de Defesa em 15% nos últimos cinco anos. Neste contexto, a União Européia e NATO encontraram a crise na Ucrânia e o crescente papel militar da Rússia, o que levou a que durante a reunião da aliança realizada no País de Gales, em setembro fosse aprovado o compromisso de aumentar os futuros orçamentos defesa para 2% do PIB.

Em junho, haverá uma próxima cimeira da União Européia, a qual entre os principais tópicos irá fortalecer a indústria da defesa européia. Prevê-se que seja considerada a medida já anunciada para permitir o uso de fundos de pesquisa da União Européia para projetos de investigação civis também para aplicação militar. Neste sentido, o programa Horizonte 2014-2020 conta com 80.000 milhões de euros para a pesquisa. (JNG)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.