Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Evo Morales viaja a França em maio para fechar a compra de radares Thales por 204 milhões de dólares

O Ministro da Defesa da Bolívia, Reymi Ferreira anunciou a viagem do presidente, Evo Morales, para a França em maio deste ano, para a aquisição de 16 radares, no valor de 204 milhões de dólares. A viagem do presidente da Bolívia ainda não tem uma determinada data, devendo ser estabelecida  uma agenda ampla de modo que possa ser inclusa a questão dos contratos para as Forças Armadas Bolivianas.

A compra dos radares de Thales está sendo tratada desde o período anterior, em 2014, quando os contatos foram iniciados a través da embaixada da França na Bolívia. O  responsável de Defesa explicou que uma parte dos radares serão utilizados no controle da região da Amazônia, na qual existem muitas pistas clandestinas e o resto será distribuído em toda a extensão geográfica do país, com necessidade de ser monitorada constantemente, como parte da segurança do espaço aéreo boliviano.

De acordo com informações extra-oficiais (ainda não confirmadas pelo Ministério da defesa) teriam sido avaliados os radares RSM 979-S, basicamente radares de vigilância monopulsos, de apoio completo para o controlador aéreo em condições de tráfego aéreo severo. O ministro Ferreira não quis dar mais detalhes dos radares a adquirir pela Bolívia, simplesmente afirmou que os mesmos estarão no país em 10 meses de acordo com o contrato de compra. (Aldo Eyzaguirre correspondente do Grupo Edefa na Bolívia)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.