Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Croácia contrata estações navais de 30mm à Aselsan da Turquia

(defensa.com) A empresa pública Aselsan da Turquia celebrou um acordo com o estaleiro Brodogradevna Industrija Split (BRODOSPLIT) da Croácia para fornecer estações navais de armamento remotamente controladas para navios de patrulha de 41.5 metros de comprimento adquiridos em Dezembro de 2014 pelo Ministério da Defesa da Croácia. O contrato de 4.2 milhões de euros prevê o fornecimento de estações remotas SMASH armadas com a peça automática Orbital ATK Mk44 Bushmaster para 5 navios contratados à BRODOSPLIT em Dezembro de 2014 por um montante de 385.4 milhões de kunas croatas e destinados à Guarda Costeira da Croácia.

A SMASH é constituída por uma torre estabilizada remotamente operada, a peça automática de 30mm, um inclinómetro, uma unidade de controlo, um computador de tiro, o rastreador de alvos, o anel de deslize, a interface da peça, a unidade de gravação de vídeo, o controlador de circuitos, as baterias e o sensor eletro-ótico que incorpora uma câmera térmica, uma câmera TV, um medidor de distâncias e o giroscópio. O sistema foi oficialmente apresentado no evento IDEF 2013 realizado em Istambul na Turquia.

Para além do sistema SMASH, os navios estarão armados com dois reparos para metralhadoras pesadas de 12.7mm e lançadores manualmente operados de mísseis superfície-ar de muito curto alcance. Os navios realizarão missões de vigilância, busca e salvamento e de apoio logístico às poluções locais residentes nas ilhas do mar adriático. A SMASH foi desenhada para instalação em navios de patrulha, de combate e embarcações de desembarque. O sistema foi pensado para operações de guerra assimétrica, defesa litoral e luta antiaérea. O sistema equipa também seis navios de patrulha adquiridos pelo Qatar ao estaleiro naval Turco Yonca-Onuk para a sua marinha. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia: Estação naval remotamente controlada SMASH na sua primeira apresentação durante o evento IDEF 2013 (Victor M.S. Barreira).


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.