Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Autoridades da Marinha do Brasil, assinaram em Paris os detalhes do ajuste técnico para a modernização do porta-aviões "São Paulo"

O ajuste técnico prévio à preparação da modernização do Navio-Aerodrómo (NAe) São Paulo, foi assinado pelo do diretor-geral do material da Marinha, almirante-de-esquadra Luiz Guilherme Sá de Gusmão, representando o ministro da Defesa do Brasil, e pelo diretor geral para armamento, Laurent Collet-Billon, representando o ministro da Defesa da França, em Paris, no dia 27 de março.

Essa parceria bilateral visa o auxílio na elaboração do projeto de concepção e no estudo de viabilidade para a modernização do porta-aviões "São Paulo", especialmente nos sistemas de geração e distribuição de energia, propulsão diesel-elétrica, geração de vapor para as catapultas e no arranjo geral. A futura modernização do NAe São Paulo visa, além da extensão da vida útil desse navio, a manutenção do conhecimento na operação da aviação embarcada, principalmente de asa fixa, sendo empregado como núcleo das Forças Navais, constituindo-se no principal meio para a execução da Tarefa de Controle de Área Marítima. A operação do navio aeródromo, adquirido em 2000 não tem sido tão intensa e regular como a Marinha tinha planejado durante estes 15 anos, com longos períodos de inatividade , bem como alguns acidentes e incidentes. (Javier Bonilla)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.