Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Aumenta a nacionalização da torre HITROLE Light 12,7 mm de OTO Melara Ibérica com a incorporação de um sistema óptico da Thales Espanha

Embora existem diferentes propostas para o futuro 8x8 veículo de combate do Exército ainda longe de ser confirmadas, diferentes empresas interessadas em desenvolver este programa e começam a fazer os primeiros movimentos. Um deles foi observado durante a recente edição da Homsec e embora possa passar despercebido à primeira vista é um sinal claro a este respeito.

OTO Melara Ibérica, fabricante de torres de armamento, e herdeira das grandes tradições da Oto Melara, cumpre todos os requisitos para fornecer o Exército um, tecnologicamente avançado, capaz de realizar missões que exige o cliente espanhol desta moderna torre.

A torre pode ser integrada com o sistema electroóptico THALES Espanha, iniciativa consistente com os requisitos locais de aprovisionamento que exigem o mais alto nível de nacionalização do produto.

Esta proposta significa uma melhoria no posicionamento de ambas empresas, também face ao programa 8 x8, já que a empresa, baseada em Valencia, oferece agora mesmo torres que encaixariam com as três necessidades do Exército para este 8 x 8 (uma torre tripulada, uma sem tripulante, e uma estação de armas leves, em parceria com THALES). OTO Melara Ibérica poderia oferecer a sua estação de armas Hitrole Light dotada de um eletro-óptico nacional e Thales poderia oferecer mais um sistema para aplicação no 8x8, e tendo sido já integrado numa das estações de armas candidatas.

Thales Espanha também apresentou um conjunto completo de soluções para veículos 8x8, como foi visto em seu estande da Homsec. Como confirmado por nós a partir desta empresa, o processo de integração foi totalmente realizado na Espanha. Ele também pode ser uma das opções do sistema eletro HITROLE Light que poderia fornecer a variante Veículo de Exploração de Cavalaria (VEC) do futuro 8 x 8. (JNG)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.