Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Airbus Helicopters juntou-se ao Mahindra Group, da Índia, para produzir helicópteros

Airbus Helicopters juntou-se com uma filial do Mahindra Group (Mahindra Defence) para produzir  helicópteros que satisfaçam os requerimentos militares da Índia, uma forte associação para apresentar as melhores soluções para aeronaves de asa rotativa neste continente, expandindo as capacidades industriais locais no marco da sua ambição Make in India.

Já começaram as discussões para a criação de uma joint venture  que possa atuar como contratante principal nas concorrências militares na Índia, incluindo os de helicópteros de reconhecimento e vigilância, bem como utilitários e multirole navais. Conta com empresas dedicadas a atender às necessidades das três forças armadas, com produtos que vão desde veículos blindados, equipamentos submarinos de guerra, até radares e sistemas de vigilância.

Mahindra Defesa tem uma vasta experiência em engenharia, automotiva e de asa fixa e recentemente fez substanciais investimentos em fabricação de componentes de aeronaves, e, junto a Airbus Helicopters construirá na Índia a próxima geração de helicópteros, que não só responderia às necessidades de exportação do país, mas terá um potencial de exportação no futuro, sendo o primeiro fabricante de este tipo de aeronaves dentro da iniciativa Make in Índia.

Isto irá criar centenas de empregos para profissionais altamente qualificados e proporcionar um fluxo de tecnologias avançadas para o país se eleita em diferentes concursos oficiais. Mahindra Aerospace se aventurou no campo de aeronaves comerciais na Austrália e a fabricação de aero estruturas desde 2008, produzindo atualmente o Airvan 8 certificado em 38 países, com mais de 200 aeronaves em serviço, e está desenvolvendo um turboélice de 10 lugares, o Airvan 10 cuja aprovação está prevista para este ano.


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.