Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Aeromot ressurge no Brasil junto a Diamond, Flir e Agusta Westland

O fabricante do conhecido motoplaneador Ximango usado pelas polícias do Rio Grande do Sul, Bahia e Pará, assim como a Força Aérea Dominicana, além de ter fabricado nas suas antigas instalações poltronas para Embraer e Boeing, retomou a atividade . Na última edição da LAAD, Aeromot apresentou a integração realizada em uma das duas unidades AW 119Kx Koala adquiridas pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul e o sistema de emergências de saúde  SAMU. O governo rio-grandense adquiriu estes helicópteros com Flir, guincho de resgate e farol de busca.

O grupo, fundado em 1967 pelo engenheiro Claudio Barreto Vianna, e responsável ao longo da sua trajetória de alguns hitos fundamentais, como as primeiras atualizações  para a FAB, do  treinador T-25 ou do EMB-110 Bandeirante, veio a notoriedade quando em 2014 ganhou a instalação de 13 FLIR Systems para os vários corpos de polícia aéreos regionais das cidades sede da última Copa do Mundo de Futebol  Brasil  2014. Seguiu-se a instalação do mesmo tipo de  equipamento, juntamente com outros item e moving maps, em helicópteros das polícias do  Rio de Janeiro e até mesmo a Polícia Federal, que também contratou a montagem de  vários sistemas em sua nova aeronave Beechcraft 350i. Agora ,a empresa do sul do Brasil fortalece suas opções, assumindo a representação local da Diamond Aircraft austríaca, com propostas orientadas tanto  à defesa e segurança como a formação e treinamento na aviação civil. (Javier Bonilla)


© Copy Right Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.