Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A Rússia vai fornecer mais de 300 helicópteros militares até 2018

A indústria de helicópteros russo vai exportar mais de 300 aeronaves nos próximos quatro anos. Segundo fontes da Rosoboronexport,  entre 2015 e 2017, devem ser vendidos uns 200 helicópteros a um total de 12 países. Regionalmente, entre estes compradores, o destaque é para os países de Oriente Próximo e  o Sudeste Asiático.

Na América Latina, se prevê que a finais de 2014 uma quantidade de 409 helicópteros russo desdobrados regionalmente, enquanto na África, foi fechado no ano passado um acordo para o fornecimento de MI-17.

Durante o presente ano,  Rosoboronexport entrega modelos Mi-17B-5 e Mi-171Sh, junto ao Mi-28NE (também conhecido como caçador noturno) e o MI-35M, de transporte e ataque.

Moscou já confirmou a princípios de ano que o país espera fabricar 300 helicópteros no transcurso de 2014, tanto para uso civil ou militar, chegando assim ao nível dos últimos anos, como 280 em 2012 e um máximo de 303 unidades em 2013.

A indústria dos helicópteros russo registra ingressos anuais em constante crescimento, de 3.200 milhões em 2011 a 4200 milhões de dólares em 2013. Russian Helicopters já conta  com encomendas por 808 aeronaves em dezembro de 2013, no valor de 11.500 milhões e representava uma produção constante ao longo dos próximos anos.

De 2001-2013, as exportações de helicópteros russos dispararam 12 a 130 aeronaves, o que significa ser capaz de multiplicar por 10 o ritmo de vendas em apenas 12 anos. (J.Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.