Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Primeiro vôo do primeiro helicóptero de ataque Tigre da série HAD/E fabricado na Espanha

Esta semana o programa do helicóptero de combate Tiger da Eurocopter atingiu um novo e importante marco com o primeiro vôo da variante HADE, montado nas instalações espanholas da Eurocopter em Albacete, Espanha. A entrega deste helicóptero, o primeiro Tigre HAD/E a ser recebido pelas Forças Armadas Espanholas está prevista para finais de 2013. A variante HAD/E é a mais moderna e completas de todas as deste modelo. 

O helicóptero montado em Albacete, e designado HAD/E-5002, será a primeira unidade a entrar em serviço com as Fuerzas Aeromóviles del Ejército de Tierra (Famet) grande comando de asas rotativas do Exército Espanhol, com entrega prevista para o final de 2013.  O primeiro protótipo (HAD/E-5001) foi montado nas instalações da Eurocopter em Marignane (França), e vem realizando a campanha de certificação e qualificação de vôo na Espanha desde o ano de 2010. O novo helicóptero irá reforçar significativamente os seis Tiger HAP atualmente operados pelo Exército Espanhol, que já participaram inclusive de missões no Afeganistão. O programa Tiger representa um passo importante na cooperação multinacional entre os ministérios da Defesa da França, Alemanha e Espanha, bem como partes interessadas da indústria aeroespacial européia. O plano de participação industrial, sob a liderança de Eurocopter Espanha, qualificou diversas empresas locais para participarem do ciclo de vida completo do helicóptero, indo desde a concepção e fabricação, testes de vôo e de certificação, até a montagem final e apoio logístico integral.

Além disso, a fábrica da Eurocopter em Albacete é a responsável pela fabricação da seção traseira da fuselagem de todos os helicópteros Tiger. Outras organizações espanholas envolvidas no programa incluem a ITP - parte do consórcio MTRI, que está participando do projeto e produção dos motores da versão Tiger HAD. Além disso, empresas como Indra, Amper, ELIMCO, Aernnova, TECHNOBIT, Desarrollos Mecánicos de Precisão (DMP), Sacesa e Celestica, estão envolvidos principalmente na fabricação de componentes, sistemas e fornecimento de equipamentos associados ao programa. Existem diversas variantes do helicóptero Tiger classificadas na categoria de seis toneladas, projetadas para reconhecimento, escolta, proteção ar-ar e missões de combate ar-terra. A variante HAD é a versão mais completa e moderna dessa família multi-missão altamente flexível. Até o momento, o programa Tiger tem 206 encomendas combinadas da Alemanha (80 UHT), França (40 HAP/F e 40 HAD/F), Austrália (22 ARH) e Espanha (24 HAD/E). Até o mês de maio corrente, já havia 93 helicópteros Tiger em serviço, com 44.430 horas totais de vôo acumuladas, segundo dados disponíveis.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.