Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Portugal receberá navios Dinamarqueses

(defensa.com) Portugal negoceia com a Dinamarca a compra de 4 navios de patrulha STANFLEX 300 antes operados pela Marinha Real da Dinamarca. As negociações com o Ministério da Defesa da Dinamarca são conduzidas pela DGAIED (Direção-Geral de Armamento e Infra-Estruturas de Defesa) do Ministério da Defesa Nacional (MDN) de Portugal, que conta com apoio técnico da Marinha Portuguesa.

Estes navios substituirão progressivamente no seio da Marinha Portuguesa os três navios de patrulha da Classe Cacine, os NRP "Cacine" (P 1140), NRP " Cuanza (P 1144) e NRP "Zaire (P 1146), e ainda o navio NRP "Schultz Xavier" (A521) que hoje desempenham missões de fiscalização da zona económica exclusiva (ZEE) Portuguesa a par com a repressão de atividades ilícitas, balizagem, apoio à sinalização marítima dos portos, e as tarefas de busca & salvamento e de apoio a forças militares e às autoridades civis.

Não foram ainda estabelecidos o preço final e o calendário para a assinatura do contrato e entrega dos navios a Portugal. Os equipamentos e sistemas obsoletos serão substituídos em Portugal pelo Arsenal do Alfeite e prevê- se, que o especialista Português das comunicações militares EID instale nos navios alguns sistemas de comunicações navais. Os navios serão recebidos por Portugal sem qualquer armamento.

O estaleiro Dinamarquês Danyard A/S entregou à Marinha Real Dinamarquesa entre 1989 e 1996 e um total de 14 navios que formaram a Classe Flyvefisken. Três unidades as HDMS "Flyvefisken" (P550), HDMS "Hajen" (P551) e HDMS "Lommen" (P559) foram em Março de 2007 vendidos à Lituânia, agora como LVS "Zemaitis" (P11), LVS "Dz?kas" (P12) e LVS "Aukštaitis" (P14) respetivamente. Uma unidade, a HDMS "Søløven" (P563 e agora Y311) foi mantida e convertida para missões de assistência aos mergulhadores da Marinha Real Holandesa. As restantes unidades foram imobilizadas entre 2010 e 2012.

Quando ao serviço da Dinamarca, os navios estavam equipados com o sistema de artilharia Oto Melara Compact de 76/62, radar de busca aérea, radar de vigilância de superfície, radar de navegação, diretor de tiro, metralhadoras pesadas e sonar.

Portugal contratou em Março de 2009 um total de 5 navio de patrulha do tipo LFC (Lancha de Fiscalização Costeira) aos hoje extintos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) para substituir os navios da Classe Cacine. O contrato foi no entanto revogado em Outubro de 2012. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia: Os quatro navios Dinamarqueses permitirão substituir os navios da Classe Cacine, aqui o NRP "Cacine" (Victor M.S. Barreira).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.