Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O porta-aviões nuclear Nimitz partiu para o mar Vermelho perante um provável ataque contra Síria

EEUU já teria dado a ordem, pela qual o porta-aviões norte-americano Nimitz saiu do mar Árabe para o mar Vermelho, para estar o mais próximo possível da fronteira da Síria. O porta-aviões está acompanhado por quatro contratorpedeiros e um cruzador. O Nímitz está se aproximando à possível área de combate enquanto o Congresso decide o ataque.

Por enquanto, o grupo não tem a tarefa de sair ao mar Mediterrâneo diretamente para a costa da Síria. “Neste caso, trata-se da mobilização de recursos e forças na região em caso de ser necessárias as capacidades do grupo de ataque do navio”, disse um representante do Pentágono à agência Reuters.
Em 31 de agosto, o navio de assalto anfíbio San Antonio da Marinha dos EUA com fuzileiros navais a bordo chegou à parte oriental do mar Mediterrâneo. Além disso, lá se encontram cinco contratorpedeiros norte-americanos, e na área do Golfo Pérsico permanecerá o porta-aviões Harry S. Truman.
(Javier Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.