Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Os RBS-70 e os Gepard oficialmente incorporados ao Exército Brasileiro

Como nós já estávamos antecipando, os sistemas de defesa aérea recentemente adquiridos pelas Forças Terrestres brasileiras estão definitivamente incorporados às mesmas. A Escola de Artilharia de Costa e Antiaérea (EsACosAAe)- localizada no bairro de Marechal Deodoro, Rio de Janeiro- recebeu oficialmente as primeiras unidades dos sistemas de Mísseis Telecomandados RBS 70 e as viaturas de combate blindadas Gepard 1A2. (as primeiras, chegavam a finais de 2013).

Estes equipamentos, destinados à EsACosAAe e aos Grupos e Baterias de Artilharia Antiaérea, integram o Projeto Estratégico do Exército Defesa Antiaérea.

No transcurso do evento, a unidade militar realizou várias apresentações com os novos equipamentos. Produzidos pela empresa sueca SAAB, os mísseis antiaéreos portáteis de baixa altura RBS 70 possuem eficiente sistema de guiamento por facho laser, o que torna a sua trajetória imune a interferências externas.

A respeito dos sistemas antiaéreos de baixa altura Gepard 1A2, montados pela alemã KMW, os mesmos são constituídos de carros dotados de dois canhões antiaéreos Oerlikon de 35 mm.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.