Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Os LHD australianos construídos pela Navantia cumprem com os prazos e preços, segundo a Auditoria Nacional deste país

(defensa.com) A Auditoria Nacional da Austrália publicou em 17 de dezembro o seu Informe sobre Programas Maiores 2012-2013, no qual, entre outros programas, avalia aquele do LHD (Landing Helicopter Dock) Canberra, sendo Navantia sócio da BAE Systems Australia. (O informe considera a inexistência de riscos de importância, estimando que a Organização de Material de Defesa - Defence Materiel Organisation)- irá a completar o projeto dentro do orçamento. O mesmo, no total, em junho, era de 3.073.5 milhões de dólares australianos, já gastos 77,8% (2, 390 milhões), tendo completado o programa num 62-65%.

O desenho está baseado no Navio de Projeção Estratégica Juan Carlos I da Navantia, reduzindo assim os riscos de projeto. No entanto, o sistema de combate e de comunicações será integrado por BAE Systems Australia. A integração de componentes na Austrália está se revelando mais complexa do que era esperado, por isso é necessário um tempo adicional para a integração, acumulando um ligeiro atraso nesta área, o que não afetará o programa.

Neste momento, o estaleiro BAE Systems Austrália em Williamstown está trabalhando no LHD 01 Canberra, enquanto o casco LHD 02 Adelaide foi carregado no navio semi-submersível Blue Marlin em 10 de dezembro e logo começará o trânsito para a Austrália, onde será concluído.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.