Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Novo passo para criar a Escola Sul-americana de Defesa

Rio de Janeiro foi palco de mais uma reunião de trabalho visando a próxima criação da Escola Sul-americana de Defesa do CDS-UNASUL, iniciativa liderada por Argentina, Brasil e Equador. Na ocasião participaram delegações de 11 países da UNASUL (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Suriname e Venezuela).
Durante a reunião foram analisados documentos elaborados por Argentina, Brasil e Equador, durantes encontros previamente realizados entre os dias 07 e 08 de maio último em Quito-segundo iniciativa aprovada no Plano 2013, pelos ministros de Defesa em novembro último- para elaborar o primeiro documento de trabalho, o qual contém a definição dos fundamentos institucionais, abrangência, delineamento estratégico, princípios, objetivos estratégicos e específicos, funções e organização da entidade, assim como a sede permanente da ESUDE, sendo o Equador, o único país, até o momento, em apresentar a sua candidatura.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.