Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Navantia assina contrato de manutenção na Austrália para os LHDs

Navantia fechou com a BAE Austrália um contrato de manutenção para os dois LHDs anfíbios da classe Juan Carlos I, que foram construídos em cooperação com a firma australiana. O contrato contempla que a Navantia se responsabiliza pela manutenção de sistemas críticos dos navios como seu Sistema de Control de Plataforma (IPMS) e pelo Sistema de Geração de Energia. Adicionalmente, Navantia proporcionará assistência técnica geral à BAE na execução da manutenção. Este é o primeiro contrato desta natureza, sendo básico para os objetivos da Navantia na Austrália, vinculando-a ao Ciclo de Vida dos navios e um planejamento de longo prazo em uma estreita relação com o cliente e a indústria local.

Por outro lado, foi estabelecido destacar uma equipe dando infraestrutura em Sydney, incrementando a presença tanto quantitativamente quanto geograficamente no país, mostrando outro importante avanço na consolidação da Navantia na Austrália, como recentemente a abertura do Centro Técnico de Operações em Adelaide.

Este contrato é de grande valor estratégico para os objetivos da Navantia, pelas razões expostas anteriormente e como oportunidade para desenvolver o negocio de gestão de Apoio ao Ciclo de Vida, linha de atividade primordial para Navantia, pelo seu potencial e impacto para a fidelização do cliente. A Navantia está trabalhando nesta linha de negocio de forma intensa tanto com a Armada como com o mercado de exportação.

Também, Navantia fechou com a Australia um acordo para a fase transitória de reforma de Programa AWD, anunciado há uns dias. Mediante este acordo, a Navantia incrementa sua participação no programa e terá participação na gestão do mesmo, aspecto muito relevante e diferente do papel de tecnólogo, sendo um papel importante para reconduzir ao programa. Uma equipe de 17 pessoas com experiência irá para Adelaide para incorporar-se na organização do programa e começar a trabalhar. Navantia entregará sua ampla experiência como projetista e construtor de 5 fragatas tipo F-100 e acredita que sua participação, contribuirá de forma significativa a melhorar a eficácia do estaleiro ASC.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.