Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O ministro da Defesa de Perú desmente a compra de carros de combate

O ministro da Defesa do Perú, , negou enfaticamente as noticias informando que o governo peruano adquiriu num operativo sigiloso, carros de combate e veículos blindados por mais de US $ 700 milhões na Rússia. Cateriano Bellido disse - antes de rejeitar os comentários postados pelo jornal "El Comercio" (com base em informações erradas publicadas pela imprensa russa) - "Nós não temos comprado os tanques para a Rússia, e ninguém está comprando ou vai comprar. O Peru sim comprou 24 helicópteros de transporte Mi-171Sh-P, e isto tem sido de domínio público, e comunicado devidamente ao Congresso e à Controladoria.”

A compra dos 24 helicópteros MI-171Sh Hip H – destinados à Brigada de Aviação do Exército – também inclui equipamentos, armamento, treinamento de tripulações e uma série de importantes peças de reposição bem como assistência técnica, item que totalizaram cerca de 528 milhões de dólares.

O Programa de Compensações Industriais e Sociais (offset) oferecidos pela Rosoboronexport no valor de 180 milhões dólares inclui, entre outros, um Centro de Manutenção de Helicópteros (a ser construído na Base de Aviação do Exército em "Las Palmas), um Simulador de Vôo, assim como co produzir localmente peças e uma planta para fabricar munição de 23 mm.

As primeiras oito aeronaves serão entregues no início de novembro e imediatamente enviadas ao Peru para serem apresentadas oficialmente durante o Dia do Exército, comemorado em 9 de dezembro. De acordo com informações extra-oficiais, os outros 16 helicópteros serão entregues em 2015. (Alejo Marchessini Correspondente do Grupo Edefa em Lima).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.