Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

França inaugura primeiro radar Thales Raytheon Systems GM406

(defensa.com) Foi inaugurado no Centro Espacial da Agência Espacial Europeia em Kourou na Guiana Francesa (Centre Spatial Guyanais em Francês) no dia 27 de Novembro o primeiro dos três radares tridimensionais Ground Master 406 (GM406) de vigilância aérea de longo-alcance adquiridos pela DGA (Direction Générale de l'Armement) ao especialista em radares e soluções de comando e controlo ThalesRaytheonSystems (TRS) em 2009, 2012 e 2013.

O radar agora inaugurado, desenvolvido e produzido pela parceria entre as empresas Thales da França e Raytheon dos Estados Unidos vêm substituir progressivamente um radar CENTAURE (Centre Autonome de Recueil). Como o seu antecessor, o GM406 terá como principal missão garantir a protecção aérea do centro espacial Europeu.

O radar é operado pelo Centro de Controlo Militar CCM 06.967 "Calypso Radar", que organicamente integra a Base Aérea N. 367 "Capitaine François Massé".

O radar que opera no modo inteiramente digital e em Banda-S encontra-se instalado no interior de uma cupola montada no topo de uma torre fixa. Este incorpora uma antena de identificação amigo ou enemigo, uma antena primária de vigilância, uma antena de supressão, o mecanismo de movimentação, os controladores e o sistema de rotação. Associados à operação do radar, são utilizados diversos sistemas electrónicos e de apoio. A TRS é ainda responsável por assegurar a manutenção do radar por um período de 18 anos.

O início de actividade dos restantes dois radares está programada para acontecer em 2016, instalados nas estações de Nice Mont-Agel e Lyon Mont-Verdun.

O radar permite a selecção automática dos alvos, operação e manutenção remota, fácil integração numa rede C4I actual e oferece resistência a acções de guerra electrónica. O radar pode ainda ser integrado à tecnologia de comando e controlo das operações aéreas Skyview Compact e incorporar o sistema CybAIR RadBox de protecção contra ameaças cibernéticas, ambas soluções da TRS. O seu alcance máximo instrumentado situa-se nos 470 km para uma altitude máxima emprego de 100.000 pés, com detecção a baixa, média ou grande-altitude.

A aquisição dos três radares da família GM400 decorreu no âmbito da implementação da componente 4.1 do Sistema de Comando e Controlo das Operações Aéreas SCCOA (Système de Commandements et de Conduite des Opérations Aériennes). Paralelamente, a França contratou em 2010 e recebeu em 2011 um radar transportável GM403 integrado num contentor do tipo ISO de 20 pés da EuroShelter do grupo Nexter, conduz a modernização de radares 2215 e 22XX e adquiriu radares de aproximação primária PAR NG.

O GM406 Francês está integrado no sistema de comando e controlo ACCS da NATO, e no sistema móvel Francês C3M de comando e controlo. Um total de 36 radares da família GM400 foram já adquiridos por países como a Alemanha, Canada, Chile, Estónia, Eslovénia, Finlândia, França, Kazaquistão, Malásia e Marrocos.  ( Victor M. S. Barrera)

Fotografia 1: Radar tridimensional de longo-alcance GM406 em Kourou na Guiana Francesa (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 2: Sistema de antenas do radar GM406 instalado em Kourou (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 3: Radar Finlandês da família GM400 aqui numa configuração móvel montado num contentor de 20 pés, por sua vez instalado numa viatura táctica de alta-mobilidade 8x8 da SISU Defence (ThalesRaytheonSystems).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.