Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A Força Aérea Uruguaia quer helicópteros UH-1N ou mais exemplares do Bell 212

Em se tratando de um dos modelos de helicópteros que com melhores resultados para a Força Aérea Uruguaia nos últimos 30 anos ( e o primeiro trazido em voo desde a fábrica, quando adquiridas as duas primeiras unidades em 1981), a FAU requeriu orçamentariamente ao governo , dentro da  atual Rendição de Contas, apresentada dias atrás no Parlamento, a obtenção ou  de quatro UH-1N Twin Huey  via FMS, ex-USAF, US Navy ou USMC (seu mais proeminente usuário), ou outras unidades do Bell 212, obtidas em  segunda mão do mercado público ou privado. Se for o caso dos UH-1N obtidos a partir dos Estados Unidos,  acredita-se, possa ser necessário algúm tipo de manutenção ou pequena atualização no país como   Periodic Depot Maintenance (PDM), ou alguma pequena modificação, pois qualquer tarefa maior excederia à FAU de acordo às dotações orçamentárias previstas.A mesma já tem três helicópteros Bell 212 em  Missão de Paz  na República Democrática do Congo, então, presumivelmente, alguns destes novos exemplares poderia  ter o mesmo destino. Ao mesmo tempo, em alguma oportunidade a Aviação Naval também pensou neste modelo, quando desprogramou – tempo atrás- os seus Westland Wessex, dos quais e necesária uma substituição urgente, por algún helicóptero devidamente equipado com elementos de SAR, já de forma  inevitável, seja pela linha Bell, Agusta ou Eurocopter.
(Javier Bonilla)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.