Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A Força Aérea Colombiana envia aeronaves para Arauca, após ataque que matou 14 militares

A Força Aérea Colombiana intensificou as missões de apoio aéreo aproximado em defesa, proteção e apoio às tropas na área de Tame, Arauca, com aeronaves de reconhecimento e aeronaves de ataque, voando sobre a área, a fim de reprimir as ações dos narco-terroristas, garantindo a segurança e integridade de civis e soldados. No sábado 24, as FARC e o ELN atuaram juntos e acabaram com as vidas de 14 soldados em Arauca.

De acordo com o comunicado oficial, o general Juan Pablo Rodriguez Barragan confirmou que os terroristas da Coluna Móvel  Alfonso Castellanos   FARC e  com apoio do ELN, através da utilização de dispositivos explosivos improvisados e granadas artesanais, matou dois sargentos e doze soldados, pertencentes Brigada XVIII.

Inicialmente, a declaração diz, "nós relatamos um golpe da guerrilha matando onze soldados, porém, tarde da noite e através do desenvolvimento de operações em uma área situada entre as aldeias Bedoyes e Flor Amarillo, Tame (Arauca), infelizmente confirmamos que outro dos nossos homens foi morto no mesmo ato terrorista ".
Os soldados mortos estavam desenvolvendo operações de controle militar de área, no âmbito do Plano Meteoro, com o objetivo de facilitar e assegurar a livre circulação nesta importante rota para a região.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.