Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

F16 da Força Aérea Venezuelana abate aeronave que violou o espaço aéreo do país, segundo disse o governo

O primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela, Diosdado Cabello, informou que caças F-16 da Força Aérea Venezuelana abateram um avião que violou o espaço aéreo no estado de Apure, perto da fronteira com a Colômbia. De acordo com Cabello, a tripulação da aeronave desobedeceu a ordem de aterrizar que lhe foi dada, afirmou, com avisos correspondentes, a partir de uma lei recentemente aprovada pela Assembleia Nacional (AN), “desobedeceram as insistentes chamadas pelo que se efetuou seu abate”.

O vice-ministro, que não deu detalhes sobre o tipo de aeronave ou seus ocupantes, disse que a ação mostra que a Força Armada Nacional Bolivariana está pronta para defender o território pátrio. “Amanhã, seguro virão dizer que aqueles que tripulavam a aeronave eram crianças de peito que tinham o rádio desligado e não conseguiam ouvir as chamadas para que aterrissassem”, disse ele.

O chefe do Comando Estratégico Operacional, CEO, Vladimir Padrino López, informou que as ações fazem parte da luta contra atividades ilegais, como o tráfico de drogas e o contrabando de combustível em todo país.

De acordo com as informações da imprensa local, os aviões interceptados no estado sulista de Apure, localizado a uns 350 km ao sul de Caracas, perto da fronteira com a Colômbia, haviam sido dois. Padrino Lopez inclusive postou em sua conta no Twitter uma foto dos destroços carbonizados após seu abate pelos F-16 da FANB.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.