Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Exército Francês finaliza a avaliação do blindado VHM


(defensa.com) Durante a edição de 2013 do exercício CERCES do Exército Francês, organizado pela 27ª Brigada de Infantaria de Montanha (27e Brigade d'Infanterie de Montagne ou 27e BIM.) na região montanhosa dos Alpes Franceses, a Primeira Companhia do 7º Batalhão de Caçadores de Montanha (7e Bataillon de Chasseurs Alpins ou 7e BCA) concluiu a fase da avaliação tática ou EXTA (EXpérimentation TActique) do veículo blindado articulado de alta-mobilidade VHM (Véhicule Haute Mobilité). O fim do processo de avaliação acontece depois do VHM ter sido submetido a um longo processo de emprego operacional que permitiu testar o veículo em áreas montanhosas, urbanas e anfíbias, permitindo avaliar a mobilidade, poder de fogo e proteção do veículo.

Com um peso de 14 toneladas, uma velocidade máxima de 65 km/h e uma autonomia de 250 km, o VHM ou BvS 10 Mk2 como é comercialmente designado, compreende dois módulos blindados anfíbios, o primeiro com um motor Cummins ISBe e uma transmissão automática Allison Transmission SP3000.

A DGA (Direction Générale de l'Armement) Francesa adquiriu em Dezembro de 2009 um total de 53 unidades ao fabricante Sueco BAE Systems Hägglunds, dos quais 46 são VHM RANG de transporte de pessoal, quatro VHM PC de posto de comando e três VHM LOG de apoio logístico, todos recebidos entre o final de 2011 e o início de 2013. Para além dos veículos foram também contratados o serviço de apoio logístico até 2018, grelhas de proteção, potes lança-granadas de fumo GALIX e outros sistemas de missão.

Sob a responsabilidade da Panhard Defense, os veículos foram preparados para receberem a estação protegida de armas PL80, o sistema de detecção de agente químicos AP4CV, o sistema de informações SITEL (Système d’Information Terminal Elémentaire), inibidores de comunicações, rádios tácticos PRG4, intercomunicadores, o sistema de navegação, sistemas de simulação STCB2M e CENTAURE, armamento coletivo como mísseis anti-carro MILAN, Eryx, AT4CS, os morteiros de 81 e 120 mm, suportes para a arma de assalto FAMAS e a metralhadora MINIMI, o carregador de baterias e o terminal de junção associados ao sistema de soldados FELIN (Fantassin à Equipements et Liaison INtégrés).

Nos próximos tempos, os VHM receberão a estação de armas remotamente controlada M151 Protector da Kongsberg Protech Systems. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia : blindado VHM durante um exercício tático (Vincent Groizeleau).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.