Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

O Exército do Peru desativa a Arma de Inteligência

Por Decreto Supremo No. 016-2014- / DE, o Ministério da Defesa do Peru, ordenou desativar a partir de 1 de janeiro de 2015, Arma Inteligência do Exército. Um estudo realizado pelo Exército afirma que as operações e atividades deste tipo que desenvolvem a maioria dos exércitos da região são conduzidas por oficiais com segunda especialidade de inteligência; também, internamente, da Marinha e da Força Aérea do Peru consideram as atividades de inteligência dentro de sua organização como uma segunda especialidade e não como uma arma ou serviço. Nesse contexto, o Comando Geral do Exército recomendou ao Ministério da Defesa desprogramar a Arma de Inteligência para padronizar as operações e atividades desta área nas Forças Armadas. (Alejo Marchessini correspondente do Grupo Edefa em Lima).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.