Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Eurofighter desmente ter sido eliminado do processo licitatório na Coréia do Sul

A informação divulgada pela agência de notícias Yonhap, que tem sido amplamente divulgada por meios de comunicação ao redor do mundo, alegando que o Eurofighter Typhoon teria sido deixado de fora da licitação da Coréia do Sul para compra de novos caças, foi refutada pela Eurofighter, que garante que é um rumor sem fundamento, qualificando como especulação da agência de notícias.
A Yonhap anunciou a eliminação da EADS da concorrência da DAPA (Administração Programa de Aquisição de Defesa da Coreia do Sul), citando como motivo um problema na documentação apresentada pelo consórcio europeu. “Desqualificar a empresa em questão e consideramos o demais como candidatos para projetos de aquisição de defesa por problemas encontrados nos documentos”. No entanto, fontes consultadas negaram a notícia, qualificando como um boato da imprensa coreana. Assim a EADS não teria sido excluída do processo.

Além disso, a agência Yonhap disse que o terceiro candidato, a Lockheed Martin, que oferecia o seu caça stealth F-35, fora descartada por ter apresentado uma proposta cujo custo estaria muito acima do que foi proposto por Seul, e que o F-15 “Silent Eagle”, da Boeing, teria sido então declarado vencedor da licitação.
Espera-se que o Ministério da Defesa torne público o resultado da licitação, após uma reunião que deve ser realizada em setembro. (Javier Martínez)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.