Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

DGA recebe o 500º VBCI

A agência Francesa do armamento DGA (Direction Générale de l'Armement) anunciou que rececionou recentemente o 500º veículo blindado de rodas 8x8 VBCI (Véhicule Blindé de Combat d'Infanterie) de 630 unidades adquiridas em Novembro de 2000 para substituir os AMX 10P do Exército Francês. Os veículos são fabricados pela Nexter Systems e o seu parceiro Renault Trucks Defense (RTD). A frota compreende 520 veículos na configuração de combate de infantaria VCI (Véhicule de Combat d'Infanterie) e 110 unidades de posto de comando VPC (Véhicule de Poste de Commandement), cujo último exemplar foi entregue em Maio de 2013. A conclusão das entregas e conclusão do programa deverá ocorrer até 2015.

O VCI caracteriza-se por estar equipado com a torre protegida Tarask armada com uma peça automática de 25 mm 25M811 e uma metralhadora coaxial ANF1 de 7.62 mm. A torre recebe ainda potes lança-granadas Galix, o sistema de proteção ativa LIRE (Leurre Infra-Rouge Embarqué), o sistema eletro-ótico panorâmico MOP (Moyen d´Observation Panoramique), a direção de tiro Catherine XP e periscópios. A configuração VPC tem instalado o sistema de informação SIR (Système d'Information Régimentaire) da Cassidian e a estação remotamente controlada ARROWS (Advanced Reconnaissance and Remotely Operated Weapon System) da FN Herstal armada com uma metralhadora M2 de 12.7 mm.
Ambas versões recebem o motor D12D com 550 cavalos de potência, a transmissão automática 7HP902, ar condicionado, sistema de supressão de incêndios, rádios táticos PR4G e intercomunicadores INT-2000. Na configuração de combate de infantaria, o VBCI possui um peso em ordem de combate de 28 toneladas, um cumprimento de 7, 45 m, uma largura de 3 m, uma velocidade máxima de 90 km/h e uma autonomia de até 750 km. Esta versão recebe o sistema de informação SIT V1 (Système d'Information Terminal).
Os veículos em produção e as unidades já produzidas recebem os necessários elementos internos que permitem o emprego de tropas equipadas com o sistema integrado de soldados FELIN (Fantassin à Equipements et Liaisons INtégrés). O VBCI foi já projetado nos teatros de operações do Afeganistão, Líbano e Mali. Atualmente o veículo concorre a programas de aquisição de veículos blindados em países como o Canada, Dinamarca e Emirados Árabes Unidos (UAE). (Victor M.S. Barreira)
Fotografia : Veículo blindado de rodas VBCI na versão de combate de infantaria (Victor M.S. Barreira).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.