Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Coréia do Sul vai comprar quatro aviões de reabastecimento antes do final do ano

A Força Aérea da República da Coréia (ROKAF) emitiu em outubro de 2013 uma requisição para o seu programa KC-X para a aquisição de quatro aeronaves de reabastecimento no valor estimado de 1.300 milhões de dólares.

A aeronave deverá ter a capacidade para os dois sistemas de reabastecimento, seguindo as tendências atuais de aquisição de aeronaves de carga com a capacidade de reabastecimento.

O Grupo de Gestão do Programa de Aquisição de Defesa da Coréia (DAPA) planeja realizar uma reunião no dia 8 de abril para explicar os requisitos da aeronave em questão para as empresas interessadas e pretende estar recebendo as propostas finais até o dia 30 de Junho, decidindo, provavelmente antes de final de ano o vencedor, e programando as primeiras entregas para 2020.

Esta aquisição faz parte da estratégia da Coréia do Sul de reforçar as suas defesas aéreas, não só contra o estresse permanente com a Coréia do Norte, mas também em relação ao Japão e a China na esperança de que desta forma, possa manter os seus aviões de combate mais tempo no ar ou aumentar os seus raios de ação.

As duas principais empresas candidatas são Boeing com o KC-46 Pegasus, escolhido recentemente pela Força Aérea dos EUA, e Airbus A330 MRTT (Multi Role Tanker Transport) escolhido por sete países, sendo o mais recente país a escolher o MRTT foi o Qatar.

A Israel Aerospace Industries (IAI) empresa que também já vendeu alguns de seus Boeing 767 modificados para este padrão de configuração de reabastecimento conforme as necessidades do cliente, em propostas similares (JNG)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.