Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Confirmada a venda de navios de patrulha brasileiros para Angola

(defensa.com) A assinatura do documento final para a venda a Angola de sete navios-patrulha (NPA), 500 toneladas, já ocorreu. Os navios da classe "Macaé" já estão operando na Marinha do Brasil. Esta aquisição faz parte do Programa de Desenvolvimento de Angola Naval (Pronaval). O contrato faz parte do memorando de entendimento (MoU) assinado em Brasília em 05 de setembro pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, e seu colega angolano, João Manuel Gonçalves Lourenço.

As embarcações pertencentes a um programa liderado pelo estatal brasileira EMGEPRON (Empresa Gerencial de Projetos Navais), que se baseia na classe francesa "Vigilante 400 CL54" do estaleiro Constructions Mécaniques de Normandie (CMN), e que envolve outros estaleiros do Brasil como subcontratantes . Os detalhes do acordo, e seus possíveis valores, prazos ou exigências do país Africano não foram ainda divulgados. Durante as negociações, o ministro Gonçalves Lourenço disse que os acordos entre os governos dos dois países devem incluir suporte para a construção de um estaleiro em Angola ,bem como o devido treinamento operacional e o destinado ao pessoal técnico. (Javier Bonilla)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.