Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Chega por mar para a Venezuela, da Ucrânia, o primeiro carregamento de armas do ano

Quarta-feira 22 de janeiro, chegava ao Puerto Cabello o navio Ocean Energy, procedente da Ucrânia, trazendo armamento para as Forças Armadas da Venezuela. Aquele que seria o primeiro carregamento militar do ano estaria integrado ,segundo o jornal “El Carabobeño”, por mísseis e munições para a “Compañía Anónima Venezolana de Indústrias Militar (Cavim)”, localizada em Maracay, no estado de Aragua.

Em 2013, mais de nove  entregas desse tipo, com destino para a Força Armada Nacional Bolivariana (FANB), atingiu o principal porto do país, principalmente da Rússia. De acordo com fontes não oficiais citadas pelo Notitarde, o  carregamento de Ocean Energy seria constituído principalmente por armas antiaéreas BITUBO rebocados ZU-23-2, feito na Rússia, com destino a unidades militares localizadas no centro do país.

Em 2011 a Venezuela comprou, para destinar às diferentes brigadas do Exército, 300 armas antiaéreas de tubo duplo (duas bocas) de curto alcance revocado-  23 milímetros- ZU-23-2. Os mesmos podem ser instalados numa plataforma móvel, como caminhões táticos ou veículos blindados, e contam com um alcance de 2.500 m.


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.