Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

A Cassidian apresenta uma seleção de sua gama de soluções de segurança em seu estande na Interseg 2013, no Rio de Janeiro

Como fornecedora líder global de soluções de segurança e sistemas de segurança integrados para os mercados civis e militares, a Cassidian está desenvolvendo as tecnologias do futuro, com base em suas principais competências nos segmentos aeroespacial, de segurança, de defesa e serviços. A Cassidian apresenta seu progresso tecnológico utilizando cenários interativos de última geração projetados em 3D no chamado TouchLab.

Em seu TouchLab, a Cassidian está apresentando cenários que caracterizam várias situações e demonstra aos seus clientes uma exibição em um ambiente interativo com soluções inovadoras exclusivas, desenvolvidas para enfrentar os desafios do futuro. Um cenário de proteção fronteiriça está apresentando as principais especialidades da Cassidian na integração de sistemas importantes, que é a base da oferta da Cassidian aos clientes para a proteção territorial ideal. A Cassidian é hoje o principal provedor dos mais avançados sistemas integrados de proteção fronteiriça, por exemplo, para o Reino da Arábia Saudita e Romênia. Os sistemas nacionais de segurança e fronteira são integrados aos sistemas C4ISR (Comando, Controle, Comunicações, Computadores e Inteligência, Vigilância, Reconhecimento), que são os determinantes da nova abordagem operacional.

Soluções de resposta a crises e emergências

A Cassidian oferece soluções de gerenciamento de resposta a emergências para centrais de atendimento a emergências e centros de comando e controle de agências governamentais e instalações militares, cobrindo processamento de chamadas, gerenciamento e análise de dados, despacho informatizado (CAD) e mapeamento.

Em caso de catástrofes naturais ou provocadas pelo homem, a gestão de emergência bem coordenada e integrada pode ajudar a salvar vidas. Informações simplificadas e rápidas compartilhadas entre órgãos de segurança pública podem ser essenciais. A resposta a emergências refere-se ao ciclo completo de preparação, prevenção, detecção, gerenciamento, resposta e recuperação para situações de emergência (incêndios, ataques terroristas, desastres naturais, acidentes etc.).

Em primeiro lugar, as aplicações que implementam fusão de dados (a partir de sensores ou modelagem) podem ajudar as autoridades a responder rapidamente. Detectar um tsunami assim que um terremoto submarino é registrado e prever quando e onde ele vai chegar às costas, por exemplo, é fundamental para ter tempo suficiente para alertar a população e evacuar as regiões costeiras. No caso de incidentes químicos, também é essencial ser capaz de prever o movimento de nuvem tóxica no futuro próximo.

Em segundo lugar, as autoridades devem ter as ferramentas certas para alertar e informar diversos setores da população e/ou determinadas pessoas importantes com rapidez. Em um determinado país, os diferentes níveis de autoridades podem ter acesso a esta ferramenta, dependendo da dimensão do incidente. As soluções de notificação de emergência da Cassidian capacitam o pessoal essencial da sala de controle para montar as equipes de resgate e avisar grupos ou indivíduos específicos ao toque de um botão.

A Cassidian introduziu uma nova solução de comunicação de emergência chamada OASIS, que pode ser implantada em nível nacional, em qualquer país. Ele suporta um grande número de canais e de informações e dispositivos, como sirenes acionadas via fio ou redes sem fio PMR, mensagens de transmissão por celular (a capacidade de enviar mensagens de texto para todos os que estiverem equipados com um telefone celular em uma área geográfica específica), e-mails, mensagens de voz por telefone, sites da Internet, sinais de trânsito, mídia (TV, rádio) e mensagens Short Data Service (SDS) para rádios TETRA/Tetrapol. O sistema é fácil de usar, graças à sua abordagem centrada em mapa, e também é fácil de implementar (aplicativo baseado na Web). Através do OASIS, os alertas podem ser gerenciados primeiro em nível local e, em seguida, ser transferidos para nível regional ou nacional, enquanto os operadores podem obter feedback detalhado sobre o andamento do alerta e monitoramento de infraestrutura essencial, como o estado de sirenes.

Soluções de centro de controle

A Cassidian oferece soluções de gerenciamento de resposta a emergências para centros de resposta a emergências e centros de comando e controle de agências governamentais e instalações militares, cobrindo processamento de chamadas, gerenciamento de incidentes, despacho informatizado (CAD) e mapeamento. Esses centros desempenham um papel fundamental na prestação de serviços de segurança pública, como polícia, bombeiros e resgate e ambulância, de forma eficaz e com precisão.

Se uma pessoa precisar de ajuda urgente, por exemplo, devido à doença aguda ou acidente, ela pode ligar para o número de emergência pan-europeu, 112. A chamada de emergência é encaminhada para um centro de resposta a emergências, que é responsável por atender a chamada e avaliar o tipo de ajuda necessário. O atendente da chamada, em seguida, despacha a ajuda apropriada diretamente ou passa o incidente a um centro de controle dedicado para coordenar as unidades de resposta.

Hoje, a nova tecnologia conhecida como Next Generation 112 está surgindo para as centrais de resposta a emergências e centros controle. Como um dos principais fornecedores da Next Generation 112, a Cassidian demonstrou sua solução completa na Critical Communications World, em Paris. Um cidadão pode iniciar uma chamada de emergência usando um aplicativo 112, executado em um smartphone. Um atendente da chamada equipado com a próxima geração de aplicativos IDS 9700 da Cassidian pode receber conteúdo de voz e multimídia, como fotos, vídeos e dados pessoais do interlocutor para obter informações adicionais e qualificar melhor o incidente. O IDS 9700 também permite que deficientes de fala e auditivos usem mensagens de texto para se comunicar com o atendente da chamada.

O aplicativo de despacho informatizado da Cassidian anexa todas as informações multimídia relevantes para um registro de incidente e as disponibiliza nacionalmente para qualquer agente de central de resposta a emergências ou centro de controle de qualquer autoridade de segurança pública com poderes de acesso apropriados. Dessa forma, a solução melhora a cooperação entre autoridades, pois o fluxo de informações contínuo é considerado para ajudar a salvar vidas. Quando um agente de despacho atribui o incidente a uma unidade de pronto atendimento, o sistema envia todas as informações coletadas para os socorristas, que são equipados com um terminal de dados de banda larga móvel.

TB3p – a menor e mais inteligente estação base da TETRA


A Cassidian apresenta na Interseg a miniestação base TB3p TETRA, que é adequada para estabelecer cobertura de rádio interna, uso autônomo e fornecer cobertura da rede de rádio temporária às áreas. A TB3p tem uma pegada de carbono muito pequena. O consumo de energia é de aproximadamente 40 W, inferior a 10 por cento de uma estação de base macro convencional. As estações de base TB3p podem ajudar a eliminar as últimas lacunas na cobertura da rede de rádio, um benefício a ser apreciado pelos usuários da rede. A aplicação principal da TB3 é criar cobertura interna, por exemplo, para grandes edifícios públicos, centros comerciais e estacionamento internos. É também uma forma muito econômica de preencher lacunas de cobertura. Um terceiro exemplo é o uso da TB3p como uma estação de base independente para fornecer cobertura de ponto de acesso em locais onde a rede não pode alcançar. A TB3p também é fácil de implementar para cobertura autônoma ou temporária.

A Cassidian introduz a nova variação de 800 Mhz do modelo de rádio leve e fino TETRA, TH1n


Recentemente, a Cassidian lançou uma versão de 800 MHz do rádio fino TETRA, TH1n, o primeiro de uma classe completamente nova de rádios de bolso TETRA. Esta nova variação complementará o bem-sucedido modelo do TH1n, de 380-430 MHz, e ampliará portfólio de terminais TETRA da Cassidian na frequência de rádio de 800 MHz usada na Ásia e América.
O menor terminal TETRA recentemente ganhou o 2013 International TETRA Awards para o “Melhor Produto Empresarial TETRA”. Uma vez que o TH1n é ideal para diferentes tipos de usuários, ele abriu o mercado TETRA para quem é novo no setor, como assistentes sociais e profissionais de saúde. Em particular, ele lida com os usuários que têm a opção de aderir a redes de segurança pública compartilhada, mas que até agora não haviam encontrado um modelo para atender às suas necessidades melhor do que um rádio pesado voltado para os bombeiros. Equipado com acessórios adequados, o TH1n também é adequado para uso secreto, graças ao seu design fino e compacto.

Comutador DXT3p TETRA portátil


O comutador DXT3p TETRA é a mais nova adição à série DXT3. O DXT3p – “p” quer dizer portátil – oferece serviços completos TETRA de voz e dados em forma compacta. Graças à alta capacidade e funcionalidade total, o comutador DXT3p é uma opção atraente para a criação de redes temporárias para aplicações onde a própria rede precisa ser móvel.
O novo comutador tem o tamanho de uma mala: 48 cm de largura, 34 cm de profundidade e cerca de 30 cm de altura. O DXT3p pesa apenas 20 a 30 kg, assim uma pessoa pode carregá-lo, se necessário. O DXT3p usa um poderoso conjunto de recursos da família DXT3 e os oferece em uma infraestrutura conectada por IP. Como centro da rede de rádio TETRA, todos os outros elementos de rede se conectam ao comutador. O DXT3p é um pacote integral com alta capacidade, grande funcionalidade e extrema flexibilidade. O baixo consumo de energia (cerca de 150 W) faz com ele também seja uma opção ecológica.
O DXT3p é ideal para a criação de uma rede temporária em caso de catástrofes naturais ou provocadas pelo homem, como inundações ou acidentes com infraestrutura. Ele também pode ser uma solução temporária para grandes eventos. Como este comutador é portátil, é fácil de instalar em um veículo. Isso torna a implantação de uma rede de comunicação extremamente rápida e uma segurança eficaz contra espionagem é constantemente garantida. Graças à capacidade de usar recursos em grandes redes de âmbito nacional, as organizações de resgate podem começar a se comunicar de forma segura imediatamente, sem treinamento sobre os novos sistemas de comunicação.



Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.