Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Caças Franceses treinam na Noruega

Um total de onze caças de combate aéreo Dassault Aviation Rafale da Força Aérea Francesa (Armée de l´Air) participam no exercício "Arctic Thunder" atualmente a decorrer em território Norueguês.

Os caças, pilotos e o pessoal e materiais de apoio oriundos dos esquadrões 1/7 "Provence" e 1/91 "Gascogne" da Base Aérea Nº113 de Saint-Dizier e 2/30 "Normandie-Niemen" da Base Aérea Nº118 de Mont-de-Marsan operam a partir da Base Aérea de Banak da Força Aérea Real Norueguesa (Luftforsvare) entre os dias 24 de Agosto e 5 de Setembro, realizando pela primeira vez campanhas de tiro a norte do círculo polar ártico.

A proximidade da base aérea com o campo de tiro de Halkavarre permite a realização de missões táticas em condições atmosféricas severas e o emprego de armamento inteligente. A participação dos caças Franceses faz que as tripulações possam exercitar-se num cenário longínquo com características geográficas e climatéricas diferentes das existentes no território Francês e nele realizar missões de voo com grande liberdade para efetuar manobras aérea complexas e o tiro de armamento ar-solo, sem os constrangimentos causados por limitações causadas pelo elevado trafego aéreo civil no espaço aéreo Francês e pela alta densidade de zonas habitadas.

Durante o exercício de treino são realizadas entre outras missões campanhas de tiro com bombas convencionais e bombas de emprego geral equipadas entre outros com o sistema de precisão Sagem AASM (Armement Air-Sol Modulaire), hoje existente em três diferentes configurações.

Os Rafale hoje operados pela Força Aérea Francesa e pela aviação naval da Marinha Francesa permite hoje o emprego de mísseis MICA ER/IR, ASMP-A, SCALP-EG e Exocet AM 39 Block 2 Mod 2 da MBDA, bombas de diversos tipos e de vários fabricantes e sistemas de precisão associados do tipo GBU-12, GBU-22, GBU-24 e GBU-49 da Raytheon e AASM. Para combate aéreo próximo e apoio ao solo, o caça recorre à munição 30x150 do seu canhão de 30 mm 30M 791 da Nexter Systems.

Decorrem trabalhos em fase avançada de integração do míssil MBDA Meteor no caça Francês.


Fotografia 1: O Rafale Francês é hoje uma dos caças mais modernos a evoluir nos céus da Europa (DGA/Armée de l´Air).
Fotografia 2: Míssil de combate ar-ar MICA (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 3: Bombas de emprego geral com sistemas de precisão AASM (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 4: Bombas de emprego geral com o sistema de precisão GBU-12 (Victor M.S. Barreira).
Fotografia 5: O canhão 30M 791 de 30 mm arma o Rafale (Victor M.S. Barreira).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.