Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Bombardeiros estratégicos da Rússia podem sobrevoar o Caribe e o Golfo do México novamente

(defensa.com) O aumento da atividade da Força Aérea da Rússia não será limitado à Europa e do Atlântico Norte, como anunciado pelo ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, que disse que "a Rússia precisa garantir a sua presença militar no Atlântico ocidental e leste do Pacífico, as águas do Caribe e Golfo do México.”

De acordo com o anúncio, os bombardeiros russos devem realizar voos de longo alcance devem realizar voos de longo curso de treinamento e patrulhamento regular, o que irá levá-los a chegar à América Central. Lembre-se que no ano passado, dois bombardeiros estratégicos Tupolev Tu-160 Blackjack fizeram uma missão de 10 mil milhas e 13 horas que os levou a Venezuela durante a qual penetraram no espaço aéreo colombiano sem autorização. Isso significou que duas caças Kfir da Força Aérea da Colômbia fizessem uma interceptação a 80 km da cidade de Barranquilla, uma situação que levou a um protesto formal informado oportunamente em defensa.com.

Durante esta missão os Tu-160 pousaram na capital da Venezuela, e foram acompanhado por outros dois bombardeiros estratégicos Tu-95 Bear que foram utilizados como relés de comunicações de longo alcance. Recentemente a Europa experimentou um aumento na atividade das aeronaves da Força Aérea Russa, da qual se informou por completo em defensa.com, sendo possível identificar entre as mesmas vários caças, bombardeiros e transportes. (JNG)


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.