Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Blindado de combate de infantaria Puma testado no deserto

Dois dos primeiros veículos blindados de combate de infantaria Puma destinados ao Exército Alemão encontram-se no EAU (Emirados Árabes Unidos) onde serão sujeitos a testes em áreas desérticas. Transportados desde à Alemanha por via aérea num Antonov An-124-100 Ruslan fretado no âmbito do programa multinacional SALIS (Strategic Airlift Interim Solution), os veículos permanecerão durante dois meses nos EAU, onde serão submetidos a diversos testes de mobilidade e emprego que permitirão avaliar as capacidades e potencialidades do veículo blindado em condições quentes.

Os testes serão conduzidos sob a responsabilidade do organismo Alemão de aquisição de equipamento militar BAAINBw (Bundesamt für Ausrüstung, Informationstechnik und Nutzung der Bundeswehr) por elementos do centro técnico WTD 41 (Wehrtechnische Dienststelle für Kraftfahrzeuge und Panzer 41). Em Abril de 2012, dois Puma tinham sido submetidos a testes na Noruega para avaliar o desempenho do veículo em zonas árticas. Mais recentemente, foram realizados na Alemanha testes de qualificação tática e de qualificação logística.
O Puma compreende uma torre protegida armada com uma peça automática estabilizada de 30 mm Mk 30-2/ABM, uma metralhadora MG 4 de 5.56 mm como armamento secundário, um lançador duplo de mísseis Spike LR e potes de lançamento de granadas de fumo. A torre recebe ainda sistemas eletro-óticos de observação para o comandante e apontador e um sistema de auto-proteção. Opcionalmente, o Puma recebe um sistema de lançamento de granadas de 40 ou 76 mm.
O veículo de lagartas com 43 toneladas em ordem de combate é produzido pela Projekt System Management (PSM), uma parceria entre as empresas Alemãs Rheinmetall Landsysteme e Krauss-Maffei Wegmann (KMW). O contrato original celebrado em Julho de 2009 previa a compra de 405 unidades por um valor de aproximadamente 3.1 Biliões de Euros, numero reduzido para os 350 veículos através de um acordo celebrado em Julho de 2012. A partir de 2014, o Puma substituirá progressivamente o Marder atualmente empregue pelo exército. (Victor M.S. Barreira)
Fotografia : Até 2020, o Exército Alemão receberá 350 veículos de combate de infantaria Puma (KMW).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.