Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

BAE Systems Hägglunds entrega primeiro blindado CV90 STING à Noruega

O fabricante Sueco de viaturas blindadas BAE Systems Hägglunds entregou o primeiro veículo blindado de combate de engenharia CV90 STING à agência Norueguesa responsável pela gestão dos programas de armamento, a FLO (Forsvarets LogistikkOrganisasjon). Esta versão específica do conhecido blindado de lagartas foi desenvolvida em cooperação com a firma Norueguesa Ritek e incorpora um braço remotamente controlado para o manuseamento em segurança de engenhos explosivos; a estação de armas remotamente controlada Protector da Kongsberg Protech Systems; e capacidade de operar o cilindro frontal SPCR (Self Protection Combat Roller) de neutralização de minas terrestres e o sistema frontal SCD (Surface Clearance Device) de remoção de obstáculos, ambos da Pearson Engineering.

No âmbito de um contrato de aproximadamente 500 milhões de libras esterlinas celebrado em Junho de 2012 entre a FLO e a BAE Systems Hägglunds, esta última moderniza e modifica 103 veículos de combate de infantaria CV9030N existentes no Exército Real da Noruega e produz 41 novos chassis. Os dois primeiros CV9030N modernizados foram recebidos pela FLO em Fevereiro de 2014.

O contrato compreende a produção 144 viaturas em 5 versões, nomeadamente 74 unidades CV90 SPV de combate de infantaria; 21 viaturas CV90 OPV de reconhecimento com o sistema de vigilância Vinghøg Vingtaqs II montado num mastro telescópico; 15 viaturas CV90 STRILED de posto de comando; 16 viaturas CV90 STING de engenharia; duas viaturas Skolevogn de treino em condução; e 16 viaturas CV90 MULTIVOGN, estas desenhadas para desempenhar funções de evacuação médica, transporte logístico e na operação do morteiro de 81 mm.

As 110 unidades nas versões de combate de infantaria, posto de comando e reconhecimento usam um casco CV90 Mk III com torre protegida armada com uma peça automática de 35 mm; a estação de armas Protector; e o sistema térmico de aquisição e designação de alvos UTAAS da Saab. As restantes versões recorrem ao casco CV90 Mk I modificado.

O Exército Real da Noruega receberá os primeiros veículos em Agosto de 2015 e os últimos em 2017.

A modernização inclui ainda a integração de proteção modular, sensores eletro-óticos; câmeras de vigilância perimétrica; o intercomunicador SOTAS da Thales Norway; uma arquitetura eletrónica digital com painéis de comando e controlo; e lagartas de borracha da Soucy International. A estação de armas Protector foi escolhida para todas as versões exceto para o modelo de treino em condução. (Victor M.S. Barreira)


Fotografia 1: CV90 STING com um cilindro frontal de neutralização de minas (BAE Systems Hägglunds).
Fotografia 2: CV90 SPV com uma torre armada com uma peça de 30 mm, onde foi instalada uma estação Protector (BAE Systems Hägglunds).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.