Actualidad
Spanish Chinese (Traditional) English French German Italian Portuguese Russian

Astrium fabricará um dos satélites do SARah

(defensa.com) A Astrium e a OHB System, uma empresa Alemã especializada no desenvolvimento e produção de sistemas espaciais assinaram no dia 18 de Setembro um contrato de aproximadamente 344 Milhões de Euros para que a primeira proceda ao desenvolvimento, construção e lançamento de um satélite para integração no sistema de vigilância e reconhecimento SARah das Forças Armadas Alemãs.


O contrato cobre ainda a implementação do segmento terrestre do satélite, o tratamento das imagens obtidas pelo satélite assim como os elementos de controlo e transmissão. O satélite ainda sem nome e com cerca de 3 toneladas de peso para uso em orbita baixa será inteiramente concebido pela Astrium e lançado pelo foguetão de transporte de satélites SpaceX Falcon 9. O satélite integra diversas novas tecnologias, uma das quais que compreende a capacidade de antenas de rede activa já existente nos satélites de emprego civil TerraSAR-X e Tandem-X. A Alemanha opera desde finais de 2008 o sistema de reconhecimento espacial SAR-Lupe constituído por 5 satélites, que terminará a sua missão no final de 2017.

A tecnologia de antenas de rede activa consiste em diversos sensores realizados através da integração de diversos módulos de transmissão e recepção, todos controláveis individualmente, permitindo que o controlo e o alcance possam ser ajustados sem a necessidade de orientar mecanicamente as antenas. Esta característica permite que as imagens possam ser obtidas com maior rapidez, melhor resolução e em diversos tamanhos.

Quando totalmente implementado em 2019 no âmbito de uma programa gerido pelo BAAINBw (Bundesamt für Ausrüstung, Informationstechnik und Nutzung der Bundeswehr) o sistema espacial SARah compreenderá dois satélites com reflectores contratados à OHB System em Julho de 2013 por 816 Milhões de Euros e o satélite produzido pela Astrium para além de duas estações de exploração em terra. O SARah permitirá que as organizações militares Germânicas possam obter imagens terrestres em tempo real e assim apoiar a missão de forças projectadas em teatros de operações ou até mesmo servir de instrumento no apoio a situações de catástrofes naturais, humanitárias ou industriais em território nacional ou no estrangeiro. (Victor M.S. Barreira)

Fotografia : A Astrium fornecerá um dos três satélites destinado ao sistema espacial SARah (Astrium 2013).


Copyright © Grupo Edefa S.A. Prohibida la reproducción total o parcial de este artículo sin permiso y autorización previa por parte de la empresa editora.